time is all around

Eu tenho a péssima mania de achar que estou desperdiçando o meu tempo. Que com a minha idade eu já devia ter isso e aquilo, riscado da lista de coisas para se fazer coisas que eu nem devo ter colocado nela. Passei da hora e não fui lá, nunca tive isso e muito menos dinheiro pra comprar isso. Acaba que eu passo mais tempo me preocupando que devia-estar-fazendo-e-não-fiz do que indo lá e fazendo.

Hoje eu fui na minha primeira aula de teatro (adorei, claro) e lembrei de quando comentei com meu pai que tinha vontade de fazer isso. Isso foi há uns 10 anos. Dez anos! Pois é, eu levei uma década para fazer uma coisa que tinha vontade. Mas como o objetivo não é ficar chorando pelo leite, o foco do post é só o orgulhinho que estou sentindo por ter finalmente saído de casa, num dia cinza, sem almoço, atrasada, pra matar uma curiosidade que me coçava há uma década. E como uma coisa puxa outra, aqui estamos também com um jardinzinho ganhando vida, uma pilha de livros sendo lida, pessoas sendo conhecidas, mais uma faculdade sendo prevista (pra fazer tudo o que não fiz na primeira), uma listinha sendo cumprida, e claro, um blog seguindo em frente.

Anúncios

4 comentários sobre “time is all around

comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s