Um brinde

IMG_20150828_190355638-01____

Outra coisa maravilhosa que chegou na minha vida durante o mês de reis e rainhas foi o tal do coletor menstrual. Você já deve ter visto alguma coisa sobre isso em algum lugar: É um copinho de silicone que você coloca dentro do canal vaginal e ele… coleta a menstruação! Ai, que complexo.

Se alguém quer saber, eu diria que o copinho muda vidas. A ideia é daquelas que você procura, cavuca, revira, e não encontra um ponto negativo. Não tem!
Primeiro que ele funciona de uma forma muito simples e óbvia, e pra quem não sabe muito bem como funciona aqui vai um pequeno tutorial bem básico (pelamordadeusa pesquisem quaisquer dúvidas que vocês tenham antes de tentar usar, pode perguntar pra mim, procurar no google, no grupo do facebook, no youtube, mas num vai enfiando o negócio assim antes de saber tudo o que precisa saber): O coletor é de silicone e, portanto, bem maleável. Você dobra ele pra ficar menorzinho, e o introduz tal qual um absorvente interno. Quando estiver bem posicionado, ele se abre, ficando de novo no formato de copinho e coletando a menstruação (que percebemos ser um pouco diferente do que a gente imagina, principalmente nos quesitos quantidade e cheiro). Pode ficar com ele direto por até 12h, e precisa tomar cuidado pra não esquecer que está usando, já que você nem sente ele dentro do corpo. Na hora de esvaziar, você tira, joga uma aguinha e coloca de novo. Antes e depois de todos os ciclos é preciso esterilizar o bonitinho, pra evitar qualquer bactéria, o que da pra ser feito numa panelinha de ágata que você vai usar só pra isso.
Segundo que com ele, você não vai mais gerar uma tonelada de lixo por mês com absorventes descartáveis, e gente, pensa no quanto cada mulher produz de lixo com essas birosca!, sem falar que vai saber o que tem de químico – mas a gente sabe que tem – nele. Consideremos a economia também. Apesar do coletor ser mais caro que um pacote de absorvente, ele dura até uns 10 anos, e 10 anos sem comprar absorvente descartável é uma bela graninha;
Terceiro porque é limpo, e você não é obrigada a ficar com seu sangue coletado em contato com o seu corpo o dia todo como acontece com os absorventes externos, nem tem perigo de vazar (sem você coloca direito, prestenção!) igual o interno;
Mas principalmente, pelo que ele faz com a sua aceitação. Por causa dele, eu tenho falado bastante de sangue, logo eu que nunca gostei dele. Logo nós. Estou aprendendo que não tem nada de errado com ele, ou comigo. Tenho conversado com pessoas que eu conheço e que eu não conheço sobre menstruação e feminilidade. Temos notado algumas coisas estranhas.

Durante séculos desenvolvemos uma cultura de nojo do nosso próprio corpo. Rejeitamos algo natural que acontece com todas, o tempo todo e não é menos do que normal e saudável. A mulher odeia menstruar. Odeia o sangue, odeia o cheiro do sangue, a quantidade de sangue. Odeia sentir dor, odeia sentir raiva, stress. Odeia chorar por nada, odeia olhar no espelho e ter vergonha. A mulher se odeia. Tem medo de manchar, de vazar, de marcar a roupa. Por muito tempo eu tinha vergonha de ir até a perfumaria comprar absorvente, tinha vergonha que desse pra ver o pacote dentro da sacola na rua, tinha vergonha o caminho todo entre a minha carteira e o banheiro quando precisava me trocar na escola, e ficava enfiando o negocio dentro da manga, afundando no bolso da calça – eu e mais um monte de garotas.

Apelidamos o momento de “Piores Dias”, “Aqueles Dias”, e ouvimos isso até nas propagandas, que mostram como você só vai se sentir bem durante a menstruação se usarem a marca X. Cólicas e TPM então, viraram desculpa para muitos (e muitas) – apesar de eu achar que isso é também fruto de falta de contato com você mesma, considero um desaforo esses momentos serem tratado com tanto desdém, ou virarem justificativa pra relevar uma opinião ou atitude. Porque não, meusamor. Você vai se sentir bem durante o mês todo, não tem motivo pra não se sentir.

Ainda em tempo, tava ai nas internets esses dias, a noticia da menina Kiran que correu uma maratona inteira menstruada e sem usar absorvente, como um protesto pra que as mulheres deixem de ter vergonha e esconder a menstruação, e pelas mulheres que não tem acesso aos produtos básicos de higiene feminina. É claro que vi a noticia em vários sites, e os textos e motivos eram muitos e contradizentes, mas os comentários, a reação é sempre a mesma. Homens e mulheres também (o que mais dói), criticando, xingando e atacando a atitude de Kiran. Diminuindo o protesto, comparando a menstruação com outros fluídos e reações naturais do corpo. O que prova mais uma vez a importância de falar, de se conhecer, de se aceitar. E às vezes eu acho que falta tanto amor para com o próximo no mundo, porque ainda falta muito amor próprio. A mim, eu tenho cada vez mais e ainda falta, porque se tem coisa que não chega nunca é o amor.

Então levantem seus copinhos e brindem comigo: Ao sangue, à si e aos outros, amor!

Anúncios

5 comentários sobre “Um brinde

  1. molier, me abraça? ❤
    Estou naquele ponto de "ou vai ou racha" e doida pra comprar o meu coletor, só não achei ainda onde pois não gosto muito de comprar pela internet. A ideia de não me sentir tão incomodada nesses dias me seduz tanto que não dou a mínima pra questão da economia que, fatalmente, fazemos com essa escolha. Mas sendo sustentáel: yeeeey!
    Todas essas atitudes que você descreveu sobre sua adolescência minha mãe enfrentou, eu enfrentei e muitas garotas ainda encaram; imagina então um mundo sem esse "nojo" e "vergonha" de si mesma?! Um paraíso!
    Sonho que meus filhos nasçam em um mundo assim, mais humano, mais igualitário e com muito, muito mais amor! ❤

    P.S. Adorei o seu blog! ❤

    Curtir

    • Dri, eu imagino que sim, eles vão nascer numa família mais aberta e consciente do corpo e das atitudes negativas da sociedade, então pros nossos filhos vai ser mais fácil se aceitar e respeitar os outros independentemente do mundo la fora. Eu não conheço nenhuma marca com loja física no brasil porque a maioria dos copinhos de marca confiável é fabricado lá fora (tirando as marcas chinesas que parecer que tem na 25 aqui em SP, mas nessas eu não confio não). Pessoal compra e confia bastante, não acho que tenha algum problema comprar pela internet, pode confiar :3

      Curtir

  2. Quero muito um desse! Onde vc comprou o seu? Já vi vários sites e fiquei em dúvida (especialmente com a ponta, se vai ser o com bolinha ou aquele que tem um “caninho”)
    Eu acho super estranho o modo que as pessoas agem com menstruação. Homens ficam em pânico, mulheres usam codinomes e parecem querer esconder. Outro dia uma pessoa veio me pedir um absorvente emprestado e falou tão baixo que parecia que eu tava vendo drogas.
    Gente, eu sangro, toda mulher sangra, e daí?
    Que eu acho chato passar uma semana sangrando eu acho. Até aí, no big deal, também acho chato ter que ir no banheiro etc 😛
    A natureza é isso, né? Amei o post.
    Beijo

    Curtir

    • Pois é, gente, pra que tanto medo de uma coisa que acontece a vida toda com todo mundo? Basta aceitar que fica tudo mais fácil.
      Então, o meu é do Holy Cup (holycup.com.br) custou 77+frete ($91, que vale cada centavo). O meu é aquela bolinha amaçadinha, saqualé?, e da um bom apoio na hora de tirar. Na verdade você só usa pra segurar melhor mesmo, então não sei se tem muita diferença se é de bolinha ou de canudinho (o de canudinho as meninas costumam até cortar). Acho que o mais importante é você escolher direitinho o seu tamanho e a dureza do silicone (que varia muito com a marca). Os mais durinhos abrem mais fácil dentro do corpo.

      Curtir

comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s