The Glad Man Singing

IMG_20150902_223553218_

Era algum dia aleatório de 2010 talvez, quando eu ouvi Iron & Wine pela primeira vez, no tumblr (claro!). Foi a Margarida, uma portuguesa fofa, que me comunicou a existência dele. Obrigada, Margarida, esteja onde estiver.

Era um dia aleatório de julho de 2015, quando uma imagem me abraçou, dizendo que o Sam Beam ia vir pra São Paulo tocar umas musiquinhas bacanas pra galera. Aquele foi um dia diferente. Eu não precisei e nem tentei pensar antes de clicar no link pra comprar o ingresso. Olha que se tivesse sido uns meses atrás, eu teria apenas chorado por não ter condi$$ões. Obrigada a quem fez ele vir na época certa.

Eu não sou entendedora de música, não faço ideia do que é qualidade musical pra quem é entendedor de música. Pra mim música boa é musica que tá presente de alguma forma, e meujesusinho, como estas estiveram. Eu tive que aprender a dormir de fone de ouvido sem me matar enforcada porque a voz do Sam é a melhor canção de ninar. E eu não sei como isso não é de conhecimento geral da nação, eu só sei que das pessoas que eu conheço que conhecem ele, me acompanharam um total de 0 (zero). Olha que se tivesse sido umas eu atrás, eu teria apenas reclamado sozinha em casa durante o show todo por não ter tido companhia. Eu quase o fiz, na verdade, e essa talvez seja a questão de estarmos aqui contando essa historia toda. Eu quase voltei pra casa, sem ver as barbas do rei, porque eu estava cansada, porque eu estava com frio, porque ia ficar tarde, porque eu estava sozinha. Mas se tem alguém que sabe como eu sou chata, esse alguém sou eu, e poucas coisas me deixam mais chata do que auto-frustração. O tanto de coisa que eu já deixei de fazer porque não gosto de estar sozinha dá pra encher uma caçamba. E sabe o que eu acho? Que isso tá é muito errado. Que eu tô é na hora de aprender a ir lá e fazer as coisa, oxi. Que só eu sei como seria maravilhoso ver pessoalmente alguém que me deu minutinhos selecionados de alegria toda vez que eu precisava de um cobertor de coração. Eu só percebi agora, nesse exato momento, que essas músicas fazem eu amar a vida, mesmo se eu estou sozinha ou qualquer outra coisa que eu não goste de estar. Vai ver foi isso, porque, do jeitinho que a gente faz uma coisa por obrigação, eu fui. E agora o tanto de coisa que eu me orgulho de ter feito por mim mesma, da pra encher uma taça de vinho. Obrigada a mim mesma, pela teimosia.

Entendam da forma mais poética possível a frase disléxica e redundante a seguir: Só quando eu cheguei, eu realmente estava lá. Não tem como reformular isso. Estar lá fez sentido, porque mais uma vez, era daquilo que eu precisava. Do que me faz querer a vida dura e embriagante, do que me emociona de estar aqui. Daquele carinho que eu pude constatar ser inteiro: voz, violão e sorriso. De saber que o amor é uma coisa que merece ser vivido e cantando, e que ás vezes ele acaba, acontece, não tem problema, é a vida. De aprender a ver as poesias e histórias das coisas que parecem simples aqui embaixo, porque tudo é perfeito visto de longe, lá de cima, e que descer é bobeira.

Pela palheta, pelo “I love you too”, pelo prazer e por Such Great Heights, thank you.

“It was for you.”

Anúncios

4 comentários sobre “The Glad Man Singing

  1. não conheço iron and wine, mas li seu post escutando.
    O que vim comentar é sobre esse negócio de ficar sozinha.. eu sempre tentava arrastar alguém comigo pra onde eu fosse, e hoje faço diferente. Se eu tenho que ir vou, e acabo curtindo. É bom estar com a minha companhia (eu sou legal! haha)
    É normal sentir um friozinho na barriga por ir/estar sozinha em algum lugar, mas a experiência não é tão triste como as pessoas parecem pintar, né? “ai tadinha tá sozinha”.. nada disso!
    Bjs

    Curtir

  2. Não conhecia Iron & Wine até então e me apaixonei ouvindo enquanto lia o seu post.
    Que bom que você aprendeu a apreciar sua própria companhia. Eu tenho feito muito disso ultimamente porque eu sou sempre minoria e nunca encontro pessoas para irem nos lugares que eu gosto/quero, então comecei a ir sozinha e a curtir esses momentos.
    Bjuxxxxxxxxx

    Curtir

comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s