Pra quando desesperar

Assim que você se inscreve pro vestibular a sua alma está vendida, não tem jeito. Sabiamos que seria assim, já passamos por tudo isso, né, amiga. É. E por que? Se existem os livros, os passeios, o Netflix, o sono, por que se meter a fazer de novo algo que sabemos como dura -porque como termina é o de menos, terminar uma faculdade é ok, passar por ela é que é tenso- ?

Eu tenho me perguntado isso diariamente, ainda que diariamente eu me responda, e me convença e me faça todo o sentido. Não é a dúvida, nem a insegurança de ter feito a escolha errada, nem o medo do desconhecido. É a saudade de caprichos e o carinho por uma paixão idealizada mas sem provas concretas de durabilidade que me seguram.

E ainda assim, é a curiosidade, a vontade de entender e ver e conhecer, é a visualização de um caminho onde eu possa ter mais formas de materializar meu mundo ideal -o mínimo possível já me é suficiente. É a possibilidade de provar a tal paixão, de viver ela, de ser nada menos do que eu quero e posso ser que me libertam.

O formato de ensino que vivemos é ineficiente assim como a maioria das coisas que a sociedade criou, mas de qualquer forma me parece que preciso passar por ela de novo. Ele não é mais necessário e nem um pouco animador, mas tem seu valor simbólico e suas vantagens se considerarmos minha deficiência de pró ativismo pra assuntos acadêmicos. E como agora sabemos o que vem depois, ignoraremos o fim e aproveitaremos o meio, já que não é pelo diploma, mas pelos arrepios quando vejo vídeos de sementes brotando e de animais parindo, e pela dor que sinto com os vídeos de animais sendo maltratados, de florestas sendo destruídas. Por ter me desinteressado mais do que o oposto da primeira vez, e pra usar a teimosia como forma de redenção, como um pedido de desculpa a mim mesma por não ter feito o suficiente, ainda que o suficiente nunca será algo de valor conhecido. Por todo o fim de semestre de uma graduação em que eu sonhava com outra, e pra garantir que os desesperos sejam sempre impulso pra atingir alívios.

E pra que eu tenha realmente uma resposta toda vez que me perguntar se eu preciso mesmo fazer outra graduação, que fique aqui guardado uma vontade imensa de conhecer a vida – em todas as suas formas, em todos os seus níveis, e por todos os que sofrem as consequências de nosso desprezo por ela.

Anúncios

9 comentários sobre “Pra quando desesperar

  1. Entrei no ‘Blogs Recomendados do WordPress’ e lá estava o seu!
    Que bacana que entrei, Ananda! 🙂
    Parabéns pelo espaço. Super clean e ótimos posts. Sempre gosto de conhecer novos colegas de blog assim vou aumentando minha rede e claro, conhecendo sobre diversos assuntos e até mesmo cultura.
    Bom, já estou seguindo para não perder as novidades. Sucesso.

    Estendo aqui o convite para conhecer o meu blog… Ficarei contente com sua visita! 🙂
    HuG!
    http://www.andrehotter.com
    👻 Snapchat: andrehotter

    Curtir

  2. Ananda, cá estou eu de volta ❤ ❤
    E que texto incrível! Também sou assim, enquanto estou estudando arranco os cabelos mas é só ficar de férias pra dar saudade… 🙂
    É maravilhoso estudar o que gostamos mesmo, toda luz do mundo pra você!
    Entrar aqui no seu blog é sempre exercitar um pouquinho a consciência, por isso: gratidão!

    Um beijo.

    Curtir

    • Ai, Dri, você é uma fofa, como lidar?
      É verdade, né, dá uma preguiça pensar em começar tudo de novo, mas ai eu lembro que essas coisas na verdade não tem fim nunca.
      Ler seus comentários é sempre uma inspiração pra postar mais, obrigada ❤

      Curtir

  3. Almas gêmeas nascem e a Internet conecta-as kkkkk… Menina nem bem terminei meu mestrado e já estou pensando em que curso fazer depois, tipo começar algo do zero e tal! Aproveita essa fase tão gostosa que é o “descobrir”!

    Curtir

    • ai, é o que eu penso, viu, viva a internet!
      nem fala em mestrado, eu decido que vou prestar outra graduação, daí começo a considerar esse senhor mestrado ai, ta complicado, muitas coisas a se fazer, muito pouca vida e eu que sou indecisa acabo só ficando no netflix mesmo (pode bater).

      Curtir

comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s